Loading...

Logo você terá acesso ao site

  • Marcus Vinicius Souza de oliveira

Como otimizar SEO de seu site


Como otimizar SEO de seu site

Toda empresa ou marca que reconhece a importância da publicidade e da divulgação sabe que o marketing digital se tornou absolutamente indispensável para os dias atuais. Entre as várias modalidades, otimizar SEO é uma das principais.


Talvez ainda haja algum internauta que nunca tenha ouvido falar no termo SEO, sigla para Search Engine Optimization. Mas é praticamente impossível que nunca tenha utilizado um grande buscador, como Google, Bing e Yahoo.


Pois bem, em tradução livre esse termo quer dizer “Otimização Para Motores de Busca”. É por meio desse tipo de esforço que uma página atende os parâmetros necessários para ser bem ranqueada na primeira página.


Com isso ela passa a ter um destaque orgânico e gratuito nas maiores vitrines da atualidade (o que é diferente da exposição paga, que ocorre por meio de links patrocinados e é cobrada por clique).


No SEO, segundo dados da própria Google Inc., que é não apenas o maior buscador da atualidade como uma das maiores empresas do mundo, os primeiros cinco colocados monopolizam cerca de 70% da atenção e dos cliques de cada palavra-chave.


É importante ter isso em mente, até para compreender a importância da otimização e do bom desempenho nela, para que não se crie uma falsa impressão. Afinal, é claro que os buscadores são indispensáveis e valiosos por si mesmos.


Porém, caso você não consiga dominar a primeira página com algumas das suas principais palavras-chave, é difícil imaginar que você venha a ter um resultado satisfatório. Como diz um ditado antigo do marketing: quem não é visto, não é lembrando.


Além disso, os buscadores não servem apenas para você “ser visto”, como um reforço de marca. Na verdade, eles geram leads e oportunidades, trazem novos clientes, aumentam a autoridade e relevância da marca no meio digital, e muito mais.


Então, se você quer compreender a fundo como otimizar o seu site, tanto com estratégias de SEO internas (on page) quanto externas (off page), basta seguir adiante na leitura.


O universo incrível das palavras-chave

Mesmo quem não lida com otimização ou marketing digital, sabe que tudo começa pela palavra-chave. Isso vale não apenas para a experiência de quem está buscando algo, mas também para nós que vamos falar no primeiro passo do SEO.


Assim, se você quer saber algo sobre escritorio de arquitetura e design de interiores, a primeira coisa que faz é abrir o buscador e escrever isso ali, não é mesmo? Pois bem, nos bastidores do SEO há todo um planejamento ligado a isso.


Por exemplo, também é possível posicionar a palavra “escritorio arquitetura design interiores”, sem preposições e sem conjunção. Inclusive, hoje a própria plataforma oferece uma ferramenta para ajudar nisso.


É o Google Keyword Planner, que ajuda a identificar qual palavra-chave tem mais aderência para cada expressão ou frase que você queira posicionar. Isso é muito importante, pois não adianta escrever os melhores textos, se de cara ele nem mesmo for encontrado.


Outro recurso que a mesma ferramenta dá e já faz parte de uma grande estratégia, é o de estudar o posicionamento atual da palavra. Ou seja, o trabalho da sua concorrência, como ela se posiciona e daí em diante.


Certamente, seria bem difícil você fazer o melhor conteúdo sobre escada em aço inox sem estudar o ponto forte e o ponto fraco dos outros textos que já existem a respeito desse mesmo assunto, concorda?


No marketing tradicional esse esforço de estudo do mercado se chama benchmarking, consistindo em incorporar o que há de melhor na concorrência. Esforço que continua fazendo todo sentido nos dias atuais e no SEO.


Afinal, o que são ON e OFF page?

Talvez haja termos ambíguos e até imprecisos no marketing, mas não é o caso aqui. On page nada mais significa que “dentro da página”, ao passo que off page, como já é possível deduzir, significa “fora da página”.


Imagine um site de serviço de terraplanagem ou qualquer outro segmento. Você sabe quantos algoritmos existem para ele cumprir e ser bem ranqueado pelos buscadores? Ninguém sabe ao certo, mas algo em torno de trezentos.


Por isso, duas categorias que dividem estrategicamente esse meio e começam a dar um norte são as de tipo on e off page. A primeira delas remete à experiência que alguém tem com seu site quando está dentro dele, o que pode incluir:

● Carregamento da página;

● Usabilidade da plataforma;

● Performance geral;

● Textos e conteúdos escritos;

● Layout, design e imagens;

● Entre outros fatores.

Assim, as estratégias de off page remetem a tudo o que, apesar de ser externo ao seu site, relaciona-se a ele de algum modo. É o caso dos links que outras plataformas têm e levam para os seus conteúdos.


Se você tem uma distribuidora de papel de parede, quanto mais outras lojas fizerem link para o seu site, mais relevante ele vai se tornar. E isso também vai ajudá-lo a se posicionar melhor no campo orgânico dos buscadores.


Agora você deve estar se perguntando: mas se são fatores externos ao meu site, como pode ser que entrem na categoria de estratégia? A verdade é que você pode (e deve) ter controle desse tipo de produção também, como ficará claro adiante.


Criando conteúdos mais estratégicos

Se tudo gira em torno da palavra-chave, o conteúdo também deve estar focado inteiramente nela. Isso é importante para que fique claro que os buscadores não posicionam o site em si mesmo, mas cada página escrita.


Então, se você quer posicionar sua empresa de automação residencial, após estudar as melhores palavras-chave do seu segmento, é hora de criar uma página para cada uma delas.


A grande regra de ouro do SEO é produzir conteúdos realmente relevantes, que sejam originais (portanto, nada de simplesmente copiar o material de outros sites) e que agreguem valor real aos leitores e visitantes.


Aqui também já entra um fator on page, que é o da linkagem interna. Se o foco é melhorar a experiência do usuário, que tal fazer links internos que aprofundem o conteúdo, como detalhes sobre um serviço, ou sobre a matéria-prima de um produto?


Também é hora de pensar num título que chame a atenção, e colocar a palavra-chave não apenas nele, como no primeiro parágrafo, na meta-description, no título das fotos, etc. Tudo isso ajuda a reforçar o conteúdo perante o buscador.


Já o off page você conquista por meio de parcerias diretas, gerando os famosos backlinks. Uma dica de ouro é a estratégia do guest post, que já começa na produção do seu conteúdo: você fará links com o site do seu parceiro, e ele fará outros com o seu.


Se tiver dificuldades quanto à questão da concorrência, como uma loja de móveis planejados que dificilmente vai poder fazer link com outra loja da mesma rua, opte por segmentos transversais ou paralelos.


Por exemplo, a indústria moveleira e todos os nichos de fabricação e manutenção que atuam no setor, mas não vendem móveis prontos como você. O mais bacana nisso é que os dois lados crescem juntos em termos de SEO.


Responsividade e URLs amigáveis

Hoje em dia há outros elementos típicos da tecnologia e da programação que podem ajudar e muito em termos de otimização.


O mais evidente deles é o da responsividade, que é o caso dos sites compatíveis com tecnologia mobile, como smartphones e tablets. Na verdade, dados da Google Inc. revelam que mais de 80% das buscas já são feitas assim atualmente.


Portanto, mesmo que você escreva sobre empresa de reforma de escritório, que é um nicho eminentemente profissional, nada impede que o profissional que realiza a busca decida fazer isso pelo celular dele, ou mesmo pelo aparelho da empresa.


Outra dica: tenha URLs amigáveis, como www.meusite.com.br/melhor-empresa-de-reforma-de-escritorio-da-região. Ou seja, nada de criar aqueles endereços cheios de números e caracteres estranhos.


Como aproveitar as redes sociais?

Outro termo que poucos internautas conhecem, mas logo entendem do que se trata: Social Media Optimization, cuja sigla é SMO.


Trata-se, como diz o termo, da otimização voltada para as Mídias Sociais. Realmente, essa integração com as redes já não é uma opção hoje em dia.


Imagine se o site da sua empresa de segurança eletrônica vive recebendo comentários, curtidas e até compartilhamentos por ali, ao passo que o site do seu concorrente nem sequer está integrado com as redes.


Não é preciso dizer quem vai gerar mais tráfego e mais engajamento, não é mesmo? Pois saiba que além de aumentar sua autoridade no segmento, tudo isso conta como fator de SEO off page perante os buscadores.


Uma dica essencial é fazer algo que lembra o guest post: aqui, trata-se de fechar parceria com influencers digitais, como aquela pessoa que produz conteúdo sobre TI e tem milhares de seguidores. Ao citar sua empresa, sua marca vai crescer muito em popularidade.


Com isso, vemos como a otimização vai muito além de simplesmente colocar um site no ar, ou mesmo de cumprir os algoritmos internos. É preciso olhar para dentro e para fora da marca se você quiser dominar seu mercado.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

1 visualização
  • Facebook Umdesign
  • Instagram Umdesign
  • LinkedIn Marcus Vinicius
  • Pinterest Umdesign
  • Twitter Umdesign