Loading...

Logo você terá acesso ao site

  • Marcus Vinicius Souza de oliveira

Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas


Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas

A automação de marketing está diretamente relacionada com o Marketing Digital. Aliás, quando alguém ouve falar sobre essas ações pela internet, logo em seguida já passa a conhecer a automação delas.


Isso não é por acaso, uma vez que o público que as empresas podem encontrar na web é muito grande, fazendo com que existam inúmeras estratégias que ajudam a atraí-lo.

São muitas opções, então uma mesma marca pode usar inúmeras delas, o que dificulta um pouco a qualidade dessas ações. Realizá-las com primazia é um desafio que tanto as pequenas como as grandes empresas enfrentam.


Marca nenhuma vai ter apenas uma ação de marketing para trabalhar, pois precisa de várias para atingir seus resultados. É necessário atualizar o site e o blog, compartilhar e anunciar nas redes sociais, enviar e-mails, dar atenção ao funil de vendas, etc.


Estas e muitas outras práticas, se feitas manualmente, podem conter erros que prejudicam a qualidade. Então, é aqui que entra a automação. O uso dessa tecnologia tem o objetivo de simplificar processos, tornando-os escaláveis e eficazes.


Por isso, neste artigo, vamos falar sobre o que é automação de marketing, seus benefícios e dar dicas de como aplicá-la.


O que é automação de marketing?

Automação de Marketing é o uso de tecnologias como softwares para atuar em escala e aumentar os resultados de uma empresa.


Com isso, é possível identificar, agir e acompanhar de maneira personalizada o público, melhorando o relacionamento com ele e também as vendas.


Para entender melhor a automação, podemos pensar na rotina das equipes de marketing das empresas de automação industrial, que toda semana precisam realizar uma série de atividades, como:

Publicar conteúdo no blog;

Divulgar nas redes sociais;

Gerenciar engajamento;

Gerar leads;

Produzir materiais;

Nutrir relacionamentos;

Mensurar resultados.


Ou seja, é um volume de atividades muito grande, e quanto mais a empresa cresce, mais trabalho essa equipe terá. Portanto, é necessário usar ferramentas que reduzam o trabalho manual, aumentem a eficiência do time e o tempo gasto nas tarefas.


Dessa forma, o principal objetivo é automatizar as tarefas relacionadas às campanhas e ações de marketing, otimizando o tempo gasto com elas, bem como a qualidade.


Podemos citar como exemplo de automação o e-mail marketing. As empresas precisam lidar com uma extensa lista de contatos que inclui pessoas com objetivos e necessidades diferentes.


Algumas já estão prontas para comprar, outras ainda estão se informando sobre, por exemplo, segurança para eventos, e outras já assinaram a newsletter da empresa.


Imagine ter que mandar e-mail para uma lista de 200 contatos, sobre diferentes assuntos, de maneira personalizada e com uma frequência satisfatória manualmente, toda semana ou mês?


A automação faz todo esse trabalho e, no caso do e-mail marketing, ela é ainda mais simples, pois existem até mesmo ferramentas gratuitas para esse trabalho.


Também não podemos esquecer do chatbot, que tem ganhado cada vez mais adeptos. Esses “robôs” conseguem simular uma conversa com uma pessoa, respondendo todas as principais dúvidas e solicitações automaticamente.


Ou seja, a empresa não precisa de um atendente trabalhando nisso e garante atendimento para seus consumidores 24 horas por dia, nos 7 dias da semana.


Benefícios da automação de marketing

Além de organizar e executar, de maneira automática, todas as estratégias em marketing digital de uma empresa, a automação traz muitos benefícios, como:

Maior geração de leads

Se uma clínica de cardiologia tiver uma jornada de clientes bem mapeada, é mais fácil criar guias e processos que ajudem a atrair e capturar leads.

Mas se isso for feito com a automação, a clínica pode conquistar 2 vezes mais contatos.

Nutrição de leads

É comum que nem sempre o cliente esteja no momento ideal de compra. Ele pode estar sem condições no momento ou ter outras prioridades em mente. E também existem aqueles que nem mesmo têm consciência de sua necessidade.

Estas são pessoas que não estão maduras para a compra, portanto não vão comprar agora. Mesmo assim, é importante que a marca eduque esses leads, por meio de informações em conteúdos.

Com a automação, esse processo de nutrição de leads é feito no tempo certo, de maneira eficiente e com pouco esforço.

Melhorar o funil de vendas

Em toda compra há um processo e isso acontece com todas as organizações, inclusive com uma empresa de digitalização de documentos.

Esse processo possui estágios que o comprador precisa passar, como se fosse um pré-requisito em que uma etapa domina as informações da etapa anterior.

Com base no comportamento do usuário, a automação identifica o estágio de compra em que ele se encontra, bem como seus interesses. Com isso, envia conteúdos adequados que levam esses leads ao próximo estágio do funil.

Como resultado, o fluxo do pipeline se movimenta. Isso porque, dentre todas as pessoas que entram em contato com uma marca, apenas uma parte delas passa por todos os processos do funil e se torna cliente.

Vendedores mais produtivos

Quando todo o processo de venda é conduzido por uma ferramenta de automação, além de conteúdos bem elaborados, os vendedores se tornam mais produtivos.

Por exemplo, se nas empresas de alimentação industrial a ferramenta fez um bom trabalho, os vendedores conseguem focar melhor naqueles leads prontos para a compra.

Além disso, eles também se sentem mais confiantes com relação àqueles que ainda não estavam prontos, pois sabem que num momento mais oportuno voltarão.

Diminui tarefas desnecessárias

A automação fica responsável por grande parte da preparação do lead que o marketing faria para vendas.

De qualquer forma, é necessário criar os caminhos que os leads precisam percorrer, mas, uma vez ajustados, não é necessário começar a criá-los de novo.

Auxilia o departamento de marketing

O departamento de marketing tem muito trabalho todos os dias, mas com o uso da automação fica mais fácil organizar as tarefas e não deixar nada para trás ou com erros.

Mesmo assim, é bom ressaltar que a automação apenas auxilia o trabalho com marketing de uma corretora de seguros auto ou qualquer outra, mas não trabalha sozinha ou sem a supervisão humana.


Passo a passo para implantar a automação de marketing

Implantar a automação de marketing é importante para os negócios, mas para que funcione é necessário seguir um passo a passo.


1. Definir as estratégias e métricas

É importante que, antes de adotar a automação, a empresa faça um planejamento para definir as estratégias e métricas de sua campanha de automação de marketing.

Isso porque é essencial ter os objetivos da campanha bem definidos, por exemplo, quem a empresa pretende atingir e como isso será feito.

Tendo essas questões bem definidas, a campanha se torna mais eficiente e fica mais fácil medir os resultados.

2. Escolher uma boa ferramenta

As fabricantes de etiquetas, e qualquer outra empresa, precisam escolher um software que atenda suas necessidades.

É isso que vai possibilitar que a equipe tenha mais tempo para pensar estrategicamente, sem ficar presa a atividades operacionais.

3. Estabelecer gatilhos

Gatilho pode ser uma característica própria do lead ou uma interação dele com a empresa em questão.

É importante estabelecê-los para que o lead entre no fluxo de nutrição.

4. Definir a interação em cada etapa de compra

É importante planejar se vai enviar um e-mail ou interagir nas mídias sociais, como forma de alterar as prioridades dentro do software em cada etapa da venda.

5. Pensar nos conteúdos

É de suma importância criar uma sequência lógica de conteúdos que serão enviados para o lead em cada etapa da compra.

É isso que vai ajudá-lo a avançar no processo de compra, ou seja no funil de vendas.

6. Implementar o fluxo de nutrição

É necessário que um escritório de serviços de contabilidade implemente os fluxos no software, para que possa definir as regras e a periodicidade de interação com os leads.

Depois, é importante testar para se certificar de que tudo está funcionando perfeitamente para que possa ser ativado.

7. Medir a eficiência das campanhas

Por meio das métricas já definidas, a empresa consegue medir com exatidão a eficiência de suas campanhas.

8. Fazer melhorias contínuas

Após analisar os resultados, a empresa deve tomar as providências necessárias para garantir as melhorias e trazer um desempenho ainda melhor para suas campanhas.


Conclusão

Trabalhar com marketing digital é essencial para qualquer empresa, mas fazer isso de forma manual é muito trabalhoso. Além disso, coloca em risco a qualidade das estratégias e das campanhas.


Com isso, além da empresa não atingir seus objetivos, acaba desperdiçando um recurso investido valioso.


A automação de marketing muda esse cenário e traz mais efetividade e assertividade às práticas de marketing diariamente dentro de uma empresa. Assim, consegue alcançar seus objetivos, aumentando também o número das vendas.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

0 visualização
  • Facebook Umdesign
  • Instagram Umdesign
  • LinkedIn Marcus Vinicius
  • Pinterest Umdesign
  • Twitter Umdesign